sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Novo Guia Alimentar para a população Brasileira (2014)

O Ministério da Saúde lançou no dia 5/11/2014 o Guia Alimentar para a População Brasileira.  A versão impressa deste documento, de 152 páginas e fartamente ilustrada, produzido pelo Ministério da Saúde e parceiros , substitui versão anterior de 2006. 

Uma importante característica do Guia Alimentar é a distinção feita entre alimentos in natura ou minimamente processados e produtos alimentícios, entre produtos alimentícios utilizados para temperar e cozinhar alimentos e criar preparações culinárias e produtos prontos para consumo e, ainda, entre produtos prontos para consumo que são processados, como pães e queijos, ou ultraprocessados, como ‘macarrão instantâneo’, ‘salgadinhos de pacote’ e refrigerantes. Levando em conta o impacto de alimentos e produtos alimentícios sobre a qualidade da alimentação, o Guia Alimentar faz quatro recomendações centrais visando a uma alimentação saudável:

*Faça de alimentos in natura ou minimamente processados a base de sua alimentação

*Utilize óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades ao temperar e cozinhar alimentos e criar preparações culinárias

*Limite o uso de alimentos processados, consumindo-os, em pequenas quantidades, como ingredientes de preparações culinárias ou como parte de refeições baseadas em alimentos in natura ou minimamente processados

*Evite produtos ultraprocessados

Exemplificando: prefira água, leite e frutas em vez de refrigerantes, bebidas lácteas e biscoitos; não troque ‘comida feita na hora’ (sopas, saladas, arroz e feijão, farofa, macarronada, molhos caseiros, refogado de legumes) por produtos que dispensam preparação culinária (‘sopas de pacote’, ‘macarrão instantâneo’, molhos industrializados, pratos congelados prontos para aquecer, sanduiches, frios e embutidos); e fique com sobremesas caseiras, dispensando as industrializadas.

O Guia Alimentar também está muito bem ilustrado, o que facilita a compreensão quanto à escolha dos alimentos bem como tamanho das porções, conforme mostra a foto ao lado.

O Guia Alimentar dá grande importância às formas pelas quais os alimentos são produzidos e distribuídos, privilegiando aqueles cuja produção e distribuição seja socialmente e ambientalmente sustentável como os alimentos orgânicos e de base agroecológica. 

Destaque especial é dado também às circunstâncias que envolvem o ato de comer, aconselhando-se regularidade e atenção, ambientes apropriados e, sempre que possível, o comer em companhia. Os benefícios são explicados em detalhe no Guia Alimentar: melhor digestão e aproveitamento dos alimentos, controle mais eficiente do quanto se come, maiores oportunidades de convivência com familiares e amigos, maior interação social e, de modo geral, mais prazer com a alimentação. 

As recomendações do Guia Alimentar são resumidas em
Dez Passos para uma Alimentação Adequada e Saudável: 

1.Fazer de alimentos in natura ou minimamente processados a base da alimentação
2.Utilizar óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades ao temperar e cozinhar alimentos e criar preparações culinárias
3.Limitar o consumo de alimentos processados
4.Evitar o consumo de alimentos ultraprocessados
5.Comer com regularidade e atenção, em ambientes apropriados e, sempre que possível, com companhia
6.Fazer compras em locais que ofertem variedades de alimentos in natura ou minimamente processados
7.Desenvolver, exercitar e partilhar habilidades culinárias
8.Planejar o uso do tempo para dar à alimentação o espaço que ela merece
9.Dar preferência, quando fora de casa, a locais que servem refeições feitas na hora
10.Ser crítico quanto a informações, orientações e mensagens sobre alimentação veiculadas em propagandas comerciais


Texto adaptado da matéria original, publicado pela NUPPENS
Se você quer ter acesso à matéria original e ao Guia completo para donwload, clique no link abaixo:


Ser saudável é uma questão de escolhas, não de restrições!
Alimente uma vida mais saudável
((♥))

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Gel de chia com linhaça

Para isso basta deixar de molho por 8 horas, 1 colher (chá) de chia e 1 colher (chá) de linhaça.
Coloco aproximadamente 1 dedo de água ou outro suco. Gosto muito de usar suco concentrado de uva (aqueles da garrafa de vidro, sabe?)

Para consumir, você pode comer puro, do colherzinha; ou misturar com um pote de frutas; ou bater com um super suco....enfim use a sua criatividade.

A chia com a linhaça quando ficam de molho, formam uma espécie de gel. Este gel é sensacional para melhorar os hábitos intestinais.
Eu costumo fazer este gel a noite e deixo a noite toda na geladeira, então ao acordar, ele já está pronto para ser usado!
=o)

Ser saudável é uma questão de escolhas, não de restrições!
Alimente uma vida mais saudável
((♥))

Risoto de aspargos com limão siciliano

Ingredientes:
- 2 caldo de legumes dissolvidos em 2 litros de água;
- 4 unidades de aspargos;
- azeite para refogar;
- 1 cebola picada;
- 2 dentes de alho amassados;
- 1 punhado de arroz arbóreo (1 punhado é exatamente q quantidade para 1 pessoa);
- suco e raspas da casca de 1 limão siciliano;
- sal a gosto;
- salsinha para decorar



Preparo:
Em uma panela dissolva os caldos de legumes na água. Assim que ferver, acrescente os aspargos já lavados e deixe por uns 4 minutos e então retire os aspargos e reserve-os.
Esta água com o caldo, você irá deixar em fogo baixo, pois este será o caldo a ser incorporado no risoto.
Para o risoto, coloque em uma panela o azeite, a cebola e o alho e deixe dourar.
Acrescente o arroz e dê uma mexida.
Acrescente o caldo do limão e metade da raspa de sua casca e mexa até quase secar por completo. Acrescente também o sal.
A partir deste momento você irá pegar a água do caldo de legumes e ir encorporando ao risoto, mexendo SEMPRE até que o grão do arroz fique al dente.
Tenha paciência e vá incorporando esta água aos poucos. Caso tenha dúvidas se o risoto está no ponto certo, vá provando, ok? E mexa SEMPREE!!
Quando o risoto já estiver quase pronto, acrescente os aspargos já picadinho, o restante da casca do limão e mexa mais um pouco até ficar quase bem sequinho. (Você tem que raspar e ver o fundo da panela).
Disponha em um prato fundo decore com um raminho de salsinha e delicie-se!!


PS: geralmente os risotos levam vinho branco em sua receita. Neste caso ele entraria assim que você refogou o arroz. Mas como eu não tinha, não coloquei e ficou ÓTIMO assim mesmo!

=o)

Ser saudável é uma questão de escolhas, não de restrições!
Alimente uma vida mais saudável
((♥))

Gazpacho

Gazpacho ou caspacho é uma sopa fria à base de hortaliças, com destaque para o tomate, o pepino e o pimentão.  É geralmente produzido e consumido no verão.
É um prato que permite o uso de diversos ingredientes criando variações que vão desde receitas picantes até algumas mais suaves.

Ingredientes:

- 1/1 cebola picada;
- 1/2 pimentão verde picado;
- 1/2 pepino picado;
- 2 tomates pequenos picados;
- 1 colher (chá) de azeite;
- 1 colher (chá) de vinagre de vinho tinto;
- 1 colher (chá) de açúcar;
- uma pitadinha de sal

Preparo:

Reserve 1/2 tomate já picado para colocar ao final.
Pegue todos os ingredientes e bata em liquidificador.
Coloque ao centro os tomates que estavam reservados e leve à geladeira por aproximadamente 2 horas.
Para finalizar salpique salsinha e bom apetite!!



Ser saudável é uma questão de escolhas, não de restrições!
Alimente uma vida mais saudável
((♥))

Ratatouille com quinua

Ingredientes:
- 1 cebola picada;
- 2 dentes de alho amassados;
- 1/2 pimentão vermelho picado em pedaços pequenos;
- 1/2 pimentão amarelo picado em pedaços pequenos;

- 1/2 abobrinha picada em pedaços medianos;
- 1 berinjela picada em pedaços  medianos;
- 1 tomate pelado;
- 1 colher (chá) de açúcar mascavo;

- 2 colheres (sopa) de vinagre balsâmico;
- sal a gosto;
- azeite para untar;
- salsinha para decorar

À parte:
- 1/2 xícara de quinua cozida (preparada com cebola e alho)

Preparo:
Em uma panela, coloque o azeite, a cebola e o alho e deixe dourar.
Acrescente os pimentões, a abobrinha, a berinjela e deixe refogar por alguns minutos.
Acrescente o tomate, o vinagre balsâmico, o açúcar e deixe refogar por uns 5 minutos.
Quando os legumes estiverem um pouco macios (pode deixar levemente al dente acrescente a quinua e o sal e mexa cuidadosamente, para os legumes e a quinua não se desfazerem.
E pronto!!
=o)

Para montar o prato, eu coloquei 5 folhas de alface (lavadas) como uma "caminha de alface" e coloquei o ratatuille por cima.
Coloquei salsinha para decorar e mandei ver, como prato único!
:O)

Ser saudável é uma questão de escolhas, não de restrições!
Alimente uma vida mais saudável
((♥))

Aspargos grelhados com molho de alcaparras

Ingredientes:

- 4 unidades de aspargos lavados
- azeite para untar
- salsinha e gergelim pra finalizar

Ingredientes do molho:

- 1 colher (chá) de alcaparras escorridas;
1 colher (chá) de azeite;
1 colher (chá) de vinagre de vinho tinto;
1 colher (chá) de mostarda dijon

Preparo:
Em uma panela coloque água para ferver.
Quando estiver fervente, coloque os aspargos e deixe por 3 a 4 minutos.
Depois retire e passe em água corrente, para parar o processo de cozimento.
Em uma frigideira, coloque o azeite e os aspargos. Deixe aproximadamente 3 minutos e então vire-os para grelhar do outro lado.

Para o molho: basta misturar todos os ingredientes.
Arrume os aspargos em um prato e então coloque o molho por cima.
Para acompanhar este prato, eu fiz Huevos Rancheros, clique aqui e veja a receita. 


Ser saudável é uma questão de escolhas, não de restrições!
Alimente uma vida mais saudável
((♥))

Huevos rancheros

Ingredientes:
- 1 cebola picada;
- 2 dentes de alho amassados
- 1/2 pimentão vermelho picado em pedaços pequenos;
- 1/2 pimentão amarelo picado em pedaços pequenos;
- 1 tomate pelado;
- 1 concha de molho de tomate caseiro;
- 1 ovo;
- orégano a gosto;
- sal a gosto;
- azeite para untar;
- salsinha para decorar

Preparo:
Em uma frigideira, coloque o azeite, a cebola e o alho e deixe dourar.
Acrescente os pimentões e deixe uns 2 minutos.
Acrescente o tomate e o molho de tomate e deixe refogar por uns 5 minutos ou até os pimentões ficarem levemente macios.
Abra um buraco no meio da frigideira e quebre o ovo. 
(Lembre-se sempre de quebrar o ovo em uma xícara a parte e depois despejá-lo na receita. Isso evita que você estrague sua preparação, caso o ovo esteja estragado!)
Tampe e deixe uns minutos até o ovo cozinhar.
Quando estiver quase pronto acrescente o sal e o orégano.
Para finalizar salpique salsinha.


Ser saudável é uma questão de escolhas, não de restrições!
Alimente uma vida mais saudável
((♥))

Aspargo escaldado com legumes no vapor

Ingredientes:

- 4 unidades de aspargos lavados
- legumes no vapor (usei cenoura e abobrinha)
- azeite para temperar
- salsinha e gergelim pra finalizar

Preparo:
Em uma panela coloque água para ferver.
Quando estiver fervente, coloque os aspargos e deixe por 3 a 4 minutos.
Depois retire e passe em água corrente, para parar o processo de cozimento.
À parte, em outra panela, cozinhei a cenoura e abobrinha. No caso, usei a panela de bambu, que adoro para cozinhar no vapor!

Arrume tudo em um prato. Para acompanhar eu fiz ainda ovo pochê e saladinha de broto de alfafa.
Para finalizar, tempere com azeite extravirgem e decore com salsinha e gergelim.



Ser saudável é uma questão de escolhas, não de restrições!
Alimente uma vida mais saudável
((♥))

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Cuscuz de quinua com legumes


Ingredientes:

- 1oog de quinua
-  1 cebola pequena
- 1 punhado de vagem
- 1 cenoura média
- 1 tomate
- 8 tomatinhos cereja, para decorar
- azeite
- salsinha, cebolinha e gergelim pra finalizar

Preparo:
Em uma panela coloque a quinua e cozinhe até ficar durinha.
Em outra panela, doure a cebola em um fio de azeite e acrescente a vagem, a cenoura e o tomate, cortados em cubinhos.

Acrescente a quinua, misture e tempere a gosto.
Para finalizar, decore com tomate cereja cortados ao meio, a salsinha, cebolinha e gergelim.


Ser saudável é uma questão de escolhas, não de restrições!
Alimente uma vida mais saudável
((♥))

terça-feira, 22 de abril de 2014

Mousse funcional de abacate com cacau


Ingredientes:
- 1 abacate
- 2 colheres (sobremesas) de cacau em pó bem cheias
- 3 colheres (sobremesa) de mel
- 5 castanhas do Pará trituradas
- umas gotinhas de limão

Modo de preparo:
Bater tudo no liquidificador.
Reservar uma castanha do Pará para jogar por cima.
Deixar na geladeira por uns 30 minutinhos e está pronto

Bon appetit!


Rendimento: 6 porções
Tempo de preparo: 10 minutos

Ser saudável é uma questão de escolhas, não de restrições!

Alimente uma vida mais saudável
((♥))

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Docinho de damasco com coco

Receita supimpa pra quem quer dar uma aliviada na busca por doces...

Docinho de damasco com coco

Ingredientes:
- 1 xícara (chá) de damasco seco
- suco de 2 laranjas lima
- 1 colher (chá) de gengibre em pó
- 3 colheres (sopa) de coco ralado grosso, para enrolar

Preparo:
Cozinhe os damasco no caldo das laranjas por 1- minutos, até que fiquem bem molinhos.
Desligue o fogo. Espere esfriar um pouco e bata rapidamente no liquidificador, apenas para dar uma esmigalhada no damasco.
Volte o damasco para a panela desligada. Acrescente o gengibre e mexa bem com as mãos (faça isso quando a temperatura estiver baixa o suficiente para não se queimar). Deixa a mistura homogênea.
Unte as mãos com óleo de coco e molde as bolinhas. Passe uma a uma no coco ralada e cubra totalmente as bolinhas.
Leve a geladeira!
Rende 10 bolinhas.


Ser saudável é uma questão de escolhas, não de restrições!
Alimente uma vida mais saudável
((♥))

domingo, 20 de abril de 2014

Receita de bolo de caneca SEM GLUTEN

Bolinho de caneca!
[Receita glúten free]

Ingredientes:
2 col (sopa) de quinua em flocos;
1 col (sopa cheia) de cacau em pó;
2 col (sopa) de açúcar demerara;
1 col (café) de canela em pó
4 col (sopa) de leite => pode usar leite de arroz ou outro;
1 clara;
1 col (café) de fermento em pó

Preparo:
Coloca tudo numa vasilha, mexe bem até ficar homogêneo.
Transfere pra uma cabeça grande e leva em potência alta no microondas por 1 minuto!

Para a caldinha: 1 col (sopa) de manteiga sem açúcar com 1 col (café) de cacau em pó. Põe uns 30seg no micro só pra derreter, mexe e coloca por cima do bolinho!!


Delicie-se!


Ser saudável é uma questão de escolhas, não de restrições!

Alimente uma vida mais saudável
((♥))

terça-feira, 15 de abril de 2014

Conheça o Food Revolution de Jamie Oliver

Cook it. Share it. Live it. Essa é a defesa do Food Revolution Day, um movimento criado pelo chef Jamie Oliver, que resumidamente busca reconectar as pessoas através de sua alimentação, educando, capacitando e inspirando pessoas a conhecerem melhor seus alimentos, e dessa maneira ter o controle sobre sua alimentação.
Sempre motivado a extrair o melhor dos alimentos, Jamie Oliver já publicou diversos livros mostrando de maneira simples e objetiva como qualquer pessoa pode dar um “upgrade” em seus pratos.
Na verdade, ele busca e acredita que uma alimentação melhor, começa a partir do conhecimento das ferramentas da cozinha e principalmente do respeito e entendimento do alimento. Conhecendo um pouco da história de Jamie, é possível entender que todo esse movimento sempre acompanhou o grande chef em sua formação e trajetória.

Quem é Jamie Oliver

Conhecido por utilizar alimentos naturais e orgânicos em suas preparações e por seu trabalho recente em mudar hábitos alimentares nas escolas britânicas, James Trevor Oliver nasceu em 27 de maio de 1975 em uma vila chamada Clavering, ao noroeste de Essex na Inglaterra. Clavering fica a 15 quilometros de Londres e seu nome quer dizer “local onde crescem trevos”.
Jamie Oliver
James Trevor Oliver ou como é mais conhecido Jamie Oliver, se interessou desde cedo pelo mundo da alimentação e gastronomia, muito influenciado por seus pais – Trevor e Sally – que comandavam o restaurante The Cricketers em Essex. Aos 16 anos, Jamie terminou seus estudos no Westminster Catering College, em Londres.
Sua história com a televisão começou logo depois de participar de um documentário sobre café, aonde sua participação e desenvoltura chamou a atenção dos produtores da TV que prontamente o convidaram para ter seu próprio programa: o The Naked Chef.
O programa buscava descontruir as preparações e mostrar como qualquer pessoa pode fazer suas preparações como um verdadeiro chef em sua própria casa. O programa também virou um livro, e depois mais um, e hoje Jamie já tem um série de livros publicados.
Em 2010, Jamie Oliver inicia o seu primeiro desafio em um programa de televisão diário chamado “30 minute meal”, que vai ao ar todos os dias 5:30h da tarde. Como não poderia ser diferente, o programa gerou um livro no mesmo ano.
O livro bateu recorde de vendas e foi o livro que se tornou best-seller mais rápido de todos os tempos na Inglaterra, vendendo mais de um milhão de cópias até o natal do mesmo ano. O programa ganhou o prêmio “Best Food Show” por escolha da audiência, em 2011.
Livros do chef Jamie Oliver

O que é o Food Revolution?

Sempre buscando encontrar novas maneiras de combater a obesidade e mudar os hábitos alimentares das pessoas, para que assim vivam mais e melhor, Jamie Oliver teve um premiado programa de tv o Jamie Oliver’s Food Revolution, rebatizado posteriormente como Jamie’s American Food Revolution.
Essa revolução alimentar começou a “fervilhar” dentro de Jamie que novamente rebatiza seu programa como Do something (Faça alguma coisa), e expande o foco para promover a alimentação saudável e melhoria da alimentação em escolas públicas.
O Food Revolution é um movimento que busca capacitar e inspirar todas as pessoas do mundo a selecionar melhor os seus alimentos – e o que estão comendo – , redescobrindo o prazer de cozinhar e reconectando pessoas  com os alimentos, para que entendam que uma vida mais longa e melhor, depende de novos hábitos.
Em fevereiro de 2010, Jamie foi convidado a falar do seu projeto no TED Talks e tudo o que acreditava em sua revolução alimentar para as pessoas.
Food Revolution Day - Jamie Oliver no TED Talk
Entre exemplos de vida e muita emoção que Jamie Oliver abriu seu coração para o mundo sobre suas razões para lutar por uma melhor formação das pessoas em relação a alimentação saudável. “Muito se fala em obesidade, mas não existe um programa de conscientização alimentar.” diz Jamie. Muitos amigos e fãs participaram no telão, dando seu depoimento e ajudando Jamie a contar sua história.
Sua história é emocionante, mas nada foi tão impactante como ver um carrinho de mão carregado de açúcar sendo despejado no chão e formando a montanha do que nós consumimos. Como ele mesmo ressaltou, é preciso conhecer, entender e respeitar a comida.

Food Revolution Day no Brasil

O objetivo principal desse dia é levar o movimento de slow food para o máximo de pessoas possíveis, mostrando que é preciso cozinhar, compartilhar e vivenciar o seu alimento. Dentre as ações diversas, muitos workshops e cursos de gastronomia buscando capacitar pessoas no manuseio de alimentos e conscientizar a população da importância do conhecimento das propriedades do alimento e do que está se consumindo atualmente. As ações incluem também uma grande divulgação de toda a blogosfera que fala sobre alimentação saudável e assuntos relacionados.
Sabemos que o dia-a-dia corrido das grandes metrópoles, aliado ao alto custo dos alimentos orgânicos e a praticidade do junk food, são os maiores problemas a serem enfrentados, mas com certeza o conhecimento pode abrir novas portas para que as pessoas entendam a real importância que uma boa alimentação tem no seu organismo.
Food Revolution Day Brasil
 Fonte aqui

Eu Patricia, estou participando de um treinamento para dar fornecer orientação com embasamento científico e de qualidade à população em relação ao FOOD REVOLUTION DAY.
E a minha contribuição para este dia será aqui neste blog, com posts educacionais sobre alimentação.
A partir da semana que vem, teremos uma nova postagem por semana em prol do FOOD REVOLUTION DAY!

"Porque conhecimento a mais nunca é demais!"
Alimente uma vida mais saudável((♥))

sábado, 12 de abril de 2014

Mingau de aveia com leite de amêndoas


Ingredientes:
- 1 copo de aveia em flocos
- 3 copos de leite de amêndoas (aprenda a receita do leite de amêndoas caseiro)
- 1 copo de água
- ½ copo de coco ralado
- 1/3 copo de castanha picada
1-  pitada de cravo em pó
- 2 paus de canela
Para enfeitar: goji berry, canela em pó, castanha do caju torrada picada, mel ou caldo de cana (opcional)


Modo de preparo: 
Coloque a aveia, cravo e canela em uma panela em fogo alto. Adicione a água e o leite. Deixe ferver. 
Adicione o sal, abaixe o fogo e cozinhe por 15min. Mexa com frequência para evitar que a aveia grude no fundo da panela. Quando o mingau estiver pronto, adicione as nozes e o coco. Mexa bem e decore com goji berry, canela e castanha do caju torrada. Pode servir com uma colher de mel ou melado de cana. 



Ser saudável é uma questão de escolhas, não de restrições!

Alimente uma vida mais saudável
((♥))